Desmoronou o Tribunal de Contas do Rio de Janeiro

Compartilhe este texto:

A operação Quinto do Ouro prendeu preventivamente cinco dos sete conselheiros do Tribunal de Contas do Rio de Janeiro, por suposto envolvimento em desvio de recursos públicos, no mesmo esquema do ex-governador Sérgio Cabral. O sexto integrante do TCE -RJ também teria recebido propina, mas delatou todo mundo e desapareceu por 40 dias, com autorização da justiça.

O que dizer desses notáveis senhores, muito bem pagos para zelar pelo dinheiro da população? Eu fiquei tão indignada quando ouvi a notícia que tive vontade de sumir de tanta vergonha.

Vergonha por assistir esse escândalo como se fosse só mais uma das tantas falcatruas que engolimos diariamente.

Restou ilesa apenas a corregedora do tribunal, Mariana Montebello Willeman, que tenta remontar o pleno do TCE, com conselheiros substitutos. As contas do governador Pezão estão para apreciação do órgão.

O nome Quinto do Ouro é uma referência ao imposto de 20% cobrado pela Coroa Portuguesa no período do Brasil Colonial.

Braço arrecadador do Quinto do Ouro no início do século XVI – acervo pessoal-


Compartilhe este texto:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *