Acabam com direitos dos trabalhadores e a Greve que é coisa de vagabundo?

Compartilhe este texto:


Aposentados contra a reforma da Previdência
foto:Civa Silveira

Quem está contra a Greve Geral deste dia 28 de abril? Paremos um instante só, e olhemos ao nosso redor. Essas pessoas que dizem que paralisação é coisa de vagabundo e vândalo defendem quem? Elas têm algum receio? Podem perder prestígio ou, mais adiante, até o emprego, se não defenderem a posição das empresas onde trabalham?

Nenhum trabalhador, em sã consciência, estaria de acordo com tamanha perda dos direitos. É por isso que a população está organizada e dirá aos parlamentares que essa proposta do governo não serve.

Quem está contra a paralisação nacional é bom preparar-se, para não ter surpresas, com a falta de transporte público, bloqueios de rodovias, avenidas e ruas, fechamento de escolas e universidades, atendimentos de saúde e segurança em regime de plantão.

Mas isso será relevante diante da perda de tantos direitos? Tenho certeza que não.

Só a Greve Geral será capaz de melhorar essas reformas, até para quem está contra a paralisação. A Trabalhista ainda será votada no Senado e a da Previdência está em discussão na Câmara e só depois irá para o Senado.

Tomara que a mídia não reduza esta Greve Geral aos costumeiros problemas de trânsito!

O Ministério Público do Trabalho diz que a Greve Geral é legal:

MPT diz que Greve Geral é movimento justo e adequado diante de reformas


Compartilhe este texto:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *