Temer ficará preso por quanto tempo?


imagem da Internet

Na minha opinião o Temer não é inocente e chegou à presidência a partir de um golpe. Mas isso não me faz perder o raciocínio. As perguntas não têm respostas.

A manchete é que Michel Temer chefia uma organização criminosa há 40 anos. Resolvi fazer as contas, antes de sair por aí, como um papagaio, repetindo as palavras do Ministério Público Federal. Aliás eu fico impressionada quando a imprensa não faz as contas.

Em 1970 o Temer ingressou no Ministério Público SP por concurso. No ano de 1983 ele foi indicado para a Procuradoria-Geral do estado de São Paulo, pelo governador Franco Montoro. Ou ele começou a chefiar essa organização criminosa, ao mesmo tempo que era Procurador-Geral, ou esta conta de 40 anos não fecha.

Ah, mas isso não tem a menor relevância. O importante é que mais um medalhão da política está atrás das grades, dirão muitos. Será mesmo? E se essa operação é um tipo de resposta ao Supremo Tribunal Federal, que andou pondo “limites” na Lava Jato? E se, e se…

A sociedade perde muito quando as instituições colocam seus interesses acima da lei.

Estou assistindo a coletiva da Polícia Federal e Ministério Público e ainda não entendi qual foi o crime novo de Temer? Isso é importantíssimo, afinal ele pode ser solto por uma prisão ilegal.

Funcionários de posto de combustível que enganavam consumidores viram réus

Lembram daquele caso do posto de combustíveis onde os frentistas simulavam que o carro estava com problema, para vender produtos?
Pois o gerente do posto e um frentista foram indiciados pela Delegacia do Consumidor(DECON), e nesta quarta-feira (06), várias vítimas foram ouvidas pela juíza da 1ª Vara Criminal do Foro Central de Porto Alegre.

Em 14 de abril do ano passado, há quase dez meses, fiz um vídeo denunciando que no posto Lyon Ipiranga os funcionários alertavam os motoristas sobre problemas graves no veículo. Eles assustavam as pessoas dizendo que o carro estava fazendo fumaça, fervendo e coisas desse tipo. Eles abordavam até clientes que estavam na farmácia e na loja de conveniências. Tudo isso para vender aditivo de radiador, óleo e outros produtos.

A repercussão do vídeo foi enorme e centenas de pessoas, de várias partes do país, relataram golpes iguais. A denúncia encorajou outras pessoas a procurarem a Decon e o Procon e os golpistas viraram réus.

Em geral os mais visados eram os motoristas idosos, carros com placas do interior e as mulheres. Mas, soube depois, que vários homens foram enganados e hoje alguns estavam lá. Portanto, não é só uma “desatenção” das mulheres com a mecânica dos veículos.

Resultados práticos da denúncia

Pelo PROCON de Porto Alegre o posto Lyon Ipiranga foi condenado a pagar em DOBRO, aos consumidores que comprovaram a fraude,(SEMPRE GUARDEM AS NOTAS).

Também foram investigados pela Delegacia do Consumidor (DECON) e indiciados por Crime contra a Economia Popular.

Não sei se eles aprenderam a lição, mas já deu prejuízo e muita incomodação.

O que levo de lição desse episódio é que não devemos nos omitir.